domingo, 19 de março de 2017

Míni catástrofe e alagamentos atingem Caraguá. As autoridades sabiam disso...

Morro de Santo Antonio
foto que circula na internet
Uma forte chuva caiu sobre Caraguatatuba na noite do dia 15 de março de 2017, quarta-feira passada. Foi um aguaceiro pesado, com raios e trovões, e medo.

Houve alagamentos, escorregamentos de encostas que bloquearam o trânsito na Rodovia dos Tamoios, queda de barreiras que marcaram morros e deixaram uma enorme cicatriz no Morro de Santo Antonio, logo abaixo da rampa-leste de onde saltam de asas delta. Houve 78 pessoas desabrigadas e nenhuma vítima fatal a se lamentar. Mais de uma dezena de bairros ficaram alagados, inclusive diversos pontos do centro da cidade e bairros próximos, destruindo móveis e utensílios dos moradores.

Isso tudo, sem contar o pavor das pessoas, já que se tem em mente as tristes lembranças de 18 de março de 1967, quando a cidade sucumbiu a um dos piores desastres ambientais de sua história, que matou mais de mil pessoas extraoficialmente, e que agora –pasmem!– está sendo objeto de comemorações, já que o desastre contou 50 anos no dia de ontem, 18 de março, um sábado, como sábado era o dia da semana em 67.

Tudo isso era esperado? Sim, era esperado.

Não só porque fenômenos naturais desastrosos costumam acontecer de quando em quando, mas também porque diversas obras impermeabilizando o solo foram feitas sem atinarem para o risco de alagamentos.

A cidade, que possui um lençol freático à flor do solo, recomenda-se que seja pavimentada com bloquetes e jamais com camadas asfálticas, que impedem a passagem das águas para o subsolo. Além disso, córregos que servem à dispersão das águas de chuva, como o da avenida Brasil, no bairro Ipiranga, foram “encaixotados”, isto é, revestidos de concreto em suas margens laterais e no fundo do seu leito, igualmente impedindo as águas de fluírem para o solo.

foto que circula na internet
Todos sabem disso, do doutor ao mísero roceiro ou morador de rua. Ainda assim, os “responsáveis” não tiveram o devido cuidado que outras pessoas, por simples que fossem, teriam. Fizeram-se de surdos ao fato de que os desastres se repetem, ainda com mais intensidade num município como Caraguá, a três metros acima do nível do mar.

Foi muito triste constatar cidade tomada de lama amarelada na quinta-feira, notícia de pessoas desabrigadas, bairros inteiros inundados, ver aquela enorme cicatriz que ficou estampada perto da rampa do Santo Antônio, de cima abaixo, como um aviso, ou presságio, e que assim deverá permanecer pelo menos pelos próximos cinquenta anos, de que se deve respeitar a natureza e principalmente demonstrar menos ganância e mesquinharia ao cuidar da pavimentação pública.

É hora de acordar e ter responsabilidade, sob pena de os problemas com enchentes se repetirem por ocasião de chuvas mais fortes e se agravarem, pois não será preciso uma intensidade tão grande de precipitação pluviométrica, como a de quarta-feira, para que as pessoas entrem em pânico e experimentemos o caos. É preciso desfazer o que nunca devia ter sido feito. É preciso retirar o asfalto das ruas, colocando bloquetes em seu lugar. E, ainda, escavar todo o concreto colocado no fundo de córregos, facilitando a infiltração ao solo.

Luís Eduardo de Souza, por e-mail


O Caraguablog há havia abordado o assunto

Em 23 de janeiro de 2011 –portanto, há seis anos– o Caraguablog publicou matéria alertando as autoridades para o fato de que as catástrofes se repetem, conclamando a que as autoridades estivessem sempre alerta. A matéria do Caraguablog era um contraponto aos estudos da geógrafa Kátia Canil, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas, o IPT, no sentido de que o Litoral Norte Paulista apresenta grandes riscos de sofrer um desastre natural semelhante ao ocorrido em 1967 em Caraguatatuba.

Na época, o Caraguablog considerou que a geógrafa concluiu o óbvio, pois não era necessário ser nenhum técnico de um órgão qualquer dito oficial para se saber que os eventos naturais se repetem de tempos  em tempos, exatamente por serem “eventos naturais”. Este blog ainda citou os três eventos desastrosos já oficialmente registrados só em Caraguatatuba: um gravíssimo ocorrido em 21 de fevereiro de 1859, outro de igual magnitude em 20 de janeiro de 1944 e agora a “festejada” catástrofe de 1967. Os estragos de quarta-feira podem ser fichinha perto do que de fato pode vir a acontecer, e que não podemos evitar, apenas mitigar seus efeitos.

A matéria do Caraguablog, na ocasião, concluiu: a técnica do IPT falou o óbvio. E, por ser o óbvio, ela tem razão: a catástrofe de 1967 pode se repetir, sim...



Veja a matéria do Caraguablog publicada em 23 de janeiro de 2011:

A catástrofe de 1967 pode se repetir em Caraguá

O Jornal Imprensa Livre deste sábado (22/01/11) trouxe em manchete “IPT alerta: enxurrada ocorrida em Caraguá há 43 anos pode se repetir”.

foto: blog do Estadão
Usou o termo “enxurrada”, certamente pequeno demais em sentido para identificar uma catástrofe que oficialmente ceifou centenas de vidas e extra-oficialmente mais de mil delas.
O fato é que a geógrafa Kátia Canil, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas, o IPT, confirmou que o Litoral Norte Paulista apresenta riscos de sofrer um desastre natural semelhante ao ocorrido em 1967 em Caraguatatuba.

“Segundo a técnica do IPT, a enxurrada que devastou Caraguá ocorreu há quase 50 anos e as possibilidades do evento de repetir são grandes”, menciona o jornal.

Disse o óbvio. Não é necessário ser nenhum técnico de um órgão qualquer para saber que os eventos naturais se repetem de quando em quando, exatamente por serem “eventos naturais”.

Não se fala aqui em aumento da temperatura global e outros chavões mais costurados por técnicos que querem atribuir tudo é que desgraça ao descontrole da ação humana.

Claro que a irresponsabilidade do homem no manejo da natureza piora as coisas, agrava conseqüências, mas não determina a ocorrência de desastres ecológicos aqui ou acolá.

Assim fosse, teríamos acontecimentos desta natureza apenas a partir do momento em que se identificou o “el niño” e a elevação do aquecimento do planeta. Não seria assim? Ou, pelo menos, não seria lógico assim pensar? No entanto, as desgraças naturais, ocorrências que destroem e matam, têm ocorrido ao longo dos séculos e faz parte da própria história humana.

A catástrofe de 1967 é citada porque está viva em nossas memórias. Mas Caraguatatuba já experimentou outras de igual ou talvez maior magnitude. Como na época não havia a presença maciça da mídia para espalhar o pânico e alardear as desgraças pessoais, tudo ficou no esquecimento. Também, naquela época, poucos moradores tinha a cidade e insignificante foi o número dos que perderam suas casas, familiares e a própria vida.

A título de exemplo, lembramos que a história de Caraguatatuba mostra que os fenômenos climáticos costumam se repetir ao longo das décadas, provocando estragos e inundações devastadores, para usar termo bem em voga.

Um ofício do presidente da Província, datado de 21 de fevereiro de 1859, por exemplo, registra o desespero de quem tinha o dever de cuidar de Caraguatatuba na época. Veja apenas este trecho e tire suas conclusões:

 “...devido aos repetidos temporais de pesadas chuvas, que há mais de um mês desaba em todo o município, em especial um que houve no dia 20 de janeiro, que por um pouco não arrasa Caraguatatuba...

Vale lembrar que fato semelhante se repetiu em 1944 e foi igualmente avassalador.

A técnica do IPT falou o óbvio. E, por ser o óbvio, ela tem razão: a catástrofe de 1967 pode se repetir, sim...
blog de Caraguá - k

Prefeitura de Caraguá - últimas informações sobre as fortes chuvas

Não precisamos ficar em pânico achando que o Morro Santo Antônio vai descer inteiro. Existe apenas um ponto de escorregamento", diz Campos Junior


A Defesa Civil de Caraguatatuba continua em estado de alerta em relação aos escorregamentos de terra, inundações e quedas de árvores.

O volume de chuva registrado nas últimas 72 horas foi de 92 milímetros, sendo 54 milímetros nas últimas 24 horas. O prefeito Aguilar Júnior decretou situação de emergência em função dos estragos provocados pelas chuvas.

Números oficiais dão conta que 43 pessoas foram removidas para abrigos da prefeitura. Além disso, famílias de 40 casas com risco iminente de deslizamento foram para residência de parentes e amigos.

O monitoramento da Defesa Civil continua em toda a cidade. São 19 áreas de risco de escorregamentos de terras nos seguintes bairros: Cocanha, Sertão dos Tourinhos, Portal da Fazendinha, Jardim Santa Rosa, Olaria, Casa Branca, Martin de Sá, Canta Galo, Serraria, Prainha, Sumaré, Jardim Francis, Benfica, Jardim Califórnia, Caputera, Rio do Ouro, Jaraguazinho, Tinga e Cidade Jardim. Há também risco de alagamentos na região da Tabatinga e Porto Novo.

Segundo o vice-prefeito e secretário de Trânsito, Segurança e Defesa Civil, Campos Junior, dentro da situação de emergência, o estado é de atenção. “Temos que continuar monitorando. Embora tivemos as chuvas de ontem a noite, ela parou por volta da 1h30 e voltou agora a tarde. O estado é de atenção, mas não precisamos entrar em pânico”, ressalta.

Sobre a situação do Morro Santo Antônio, Campos Junior informou que muitas pessoas estão disseminando informações mentirosas.

“Existe um ponto de escorregamento no local onde está a rampa de paraglyder. Não precisamos ficar em pânico achando que o morro vai descer inteiro. Por precaução, pedimos para as pessoas evitarem o local, apenas isso”, explicou. (Foto: PMC)

Tempo e maré

A previsão do tempo é de chuva de moderada a forte para as próximas horas e também para o domingo (19/03).

Há também a preocupação da tábua de marés. Por volta das 12h50, o índice era de ondas de 40cm, porém pode aumentar para 1 metro por volta das 12h50. 


Fundo Social de Caraguatatuba continua recebendo doações

Durante todo este sábado (18/03), a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba continuou recebendo doações, que estão sendo concentradas na Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso.

Secretários e servidores municipais estão mobilizados para fazer a distribuição dos donativos às famílias atingidas pelas fortes chuvas.

Também neste sábado, o programa Esporte Show, apresentado pelo radialista Ricardo Mazzei, está desde as 12h, no Supermercado Silva Indaiá recolhendo doações por parte da população, sendo que 26 cestas básicas foram de um único doador.

De acordo com levantamento da equipe do Fundo de Solidariedade de Caraguatatuba, os itens primordiais neste momento são: alimentos não perecíveis (arroz, feijão, macarrão e fubá); leite em caixinha; produtos de higiene pessoal como sabonetes, pastas de dente, desodorantes, escovas de dente; roupas de cama (lençóis, fronhas, cobertas e travesseiros); materiais de limpeza como detergente, água sanitária, rodo e vassoura. Além disso, colchões, roupas e sapatos.

Vários segmentos da sociedade estão se mobilizando no socorro às famílias que perderam seus bens materiais: igrejas, estudantes, motoboys, motoclubes, escoteiros, comércio, entre outros.

A Prefeitura de Ilhabela encaminhou no total 200L de água sanitária e desinfetante, 50kg de sabão em pó, 50 sacos de lixo e 24 detergentes,  40 galões de água, 60 kg de alimento, 30 litros de óleo e 156 litros de leite, roupas e 484 itens de higiene pessoal. Já a Prefeitura de Ubatuba encaminhará um caminhão com doações na próxima segunda-feira (20/03).

Jovens da Catedral Divino Espírito Santo, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e da Juventude Socialista ajudam na triagem dos materiais. Moradores de diversas regiões também têm colaborado com doações e ajuda na distribuição.

A presidente do Fundo de Solidariedade, Samara Fraschetti Bastos de Aguilar, se mostrou surpresa com a grande mobilização de toda a população. “Esperávamos obter ajuda, mas foi uma grata surpresa ver o quanto todos foram solidários. Foi muito além das nossas expectativas e somos muito gratos por isso”.

Exemplo
Um exemplo a ser seguido. Uma família moradora da avenida Elvira Perpétua, no bairro do Tinga,  acabou de perder praticamente tudo, mas o que sobrou doou para outras vítimas. Eliana Duarte e seu esposo, José Antonio de Aveiro, estiveram pela manhã na Sepedi, levando brinquedos, carrinho de bebê e roupas de crianças para doar. “Nós recebemos muita ajuda e as coisas que não precisamos, estamos repassando. Algumas já ficaram para os nossos vizinhos, como colchões, alimentos e produtos de limpeza. Afinal, eles também passaram pelo problema”.  

  
Serviço:

Sepedi (Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso)

Rua Jorge Burihan, 10 – Jardim Jaqueira - Telefone: (12) 3886-3050


Missa na Santa Casa de Caraguatatuba homenageia heróis e famílias das vítimas da Catástrofe de 67
Na manhã deste sábado (18/03), o pátio da Casa de Saúde Stella Maris – Santa Casa foi cenário da missa em menção ao cinquentenário da catástrofe, ocorrida em Caraguatatuba nos idos de 1967 e com intuito de homenagear as vítimas e heróis da enchente.
Para celebração da missa estavam presentes o Bispo da Diocese de Caraguatatuba, Dom José Carlos Chacorowsk, padres das paróquias do município e as irmãs do Instituto Pequenas Missionárias de Maria Imaculada. Entre as autoridades compareceram: o prefeito Aguilar Junior, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Samara Fraschetti Bastos de Aguilar, a presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), Silmara Selma Mattiazzo e secretários municipais. Pessoas que sofreram as consequências da histórica catástrofe também marcaram presença.
Durante a celebração da Santa Missa, o bispo ressaltou que a catástrofe de 50 anos atrás aconteceu num sábado, coincidentemente como no dia de hoje. No culto religioso ainda foram homenageados todos os heróis, anônimos ou não, que ajudaram e arriscaram suas próprias vidas em prol dos vitimados da tragédia. Entre estes heróis, dois foram congratulados com menções honrosas: o médico Dr. Keith Nakamura e a madre superiora, Irmã Maria Neuza Sudário dos Santos.
Doações de cobertores, roupas, colchões e outros itens foram abençoadas pelos párocos e destinadas às vítimas das chuvas dos últimos dias que estão abrigadas em núcleos e escolas do município.
No encerramento da missa, no jardim da Santa Casa, foi plantado uma muda de árvore pau-brasil, trazida por Luiz Carlos Guimarães, coordenador nacional do Instituto Pau-Brasil.
"Este é um singelo presente que o Instituto oferece aos que foram, aos que sobreviveram a tromba d’água e homenageia também a Campanha da Fraternidade, iniciada na Quarta-feira de Cinzas, tendo como tema este ano: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida", explicou Guimarães.
Para o plantio foram convidados o bispo Dom José Carlos, o prefeito Aguilar Junior e a irmã Maria Neuza.

O adeus a Pierre, diretor e fundador do Caraguablog

Pierre, dona Berenice e netinha
O Jornalista José Flávio de Araújo Pierre, ou simplesmente PIERRE como era tratado entre os familiares, amigos e admiradores, faleceu no dia 25 de janeiro de 2017, dia de São Paulo, na Santa Casa de Caraguá. Seu corpo foi sepultado na cidade de Caçapava, de onde era originário,

Pierre lutou bravamente contra uma doença insidiosa detectada no início de 2016. Foi internado várias vezes para exames e tratamentos mais rigorosos. Ele sentia fortes dores, e por fim, em janeiro último, descansou, cumprindo sua jornada neste planeta e partindo rumo aos desígnios divinos. Nesse período todo em que sua saúde esteve fragilizada e inspirava ajuda especial, Pierre foi assistido permanentemente pelo vereador Francisco Carlos Marcelino, o Carlinhos da Farmácia, a quem Pierre sempre foi muito grato, assim como toda a sua família.

Era casado com dona Berenice Terrone Pierre havia 43 anos e deixa as filhas Fabíola, Letícia e Camila, além dos netos Lucas, Júlia, Matheus, Felipe e Vicente, que nascerá em maio de 2017. Pierre completaria 68 anos no dia 28 de março.

Vida profissional

Pierre era jornalista, comerciante e corretor de imóveis. Mas a atividade a que realmente se dedicava com especial dedicação e orgulho era o Jornalismo, com registro no MTb sob o nº 68.349/SP. Desde a sua adolescência exercia atividades jornalísticas como correspondente do jornal O Estado de São Paulo (Estadão) na cidade de Caçapava-SP.

Ainda participou de diversos veículos de comunicação como o Vale News, Jornal do Vale, que circulava em 32 cidades do Vale do Paraíba, Jornal “O Correio”, tendo ainda sido editor da Revista “O Empresário” da Associação Comercial de Taubaté. Pela qualidade do seu trabalho, recebeu várias menções honrosas de Câmaras Municipais do Vale do Paraíba e Litoral Norte

Atividades em Caraguá

Pierre frequentava Caraguá desde a sua infância, mas a mudança em definitivo para a cidade se deu em 1985, aqui fundando a Esquina da Pizza, na avenida da praia central, esquina com a rua engenheiro João Fonseca, tornando-se uma referência em termos gastronômicos em Caraguatatuba por mais de uma década, com apresentação de shows musicais ao vivo e exibição de cantores e grupos musicais famosos, como Os Incríveis. Na época, não existiam ainda os shows de verão patrocinados pela prefeitura, com a presença de cantores de MPB. Portanto, pode-se dizer que a iniciativa de a Esquina da Pizza foi realmente inovadora neste sentido.

A partir de 1999, mudou de atividade e fundou a Pierre Imóveis, na rotatória do Camaroeiro, atividade a que se dedicou por mais de dez anos na concretização de bons negócios, satisfazendo o sonho da casa própria de muitas pessoas da terra e oferecendo oportunidades especiais para aqueles que nutriam o desejo de possuir sua casa na praia.

Em 2005, concomitantemente com as lides imobiliárias, fundou o Jornal “Folha de Caraguá”, um jornal no tamanho standard num momento em que todos preferiam se utilizar do modelo tabloide, de menor custo de produção. A proposta de Pierre era arrojada, apresentava um aspecto gráfico agradável e inovador, além de uma variedade de notícias bem produzidas e distribuídas em suas páginas em cores.

Nascimento do Caraguablog

Em 2010, foi acometido de um tumor hepático, tendo se submetido a um bem-sucedido transplante de fígado. Foi nessa época que decidiu criar o Caraguablog, dedicando-se de corpo e alma a divulgar as coisas de Caraguá, procurando realçar sempre as notícias positivas da cidade, em especial as relacionadas ao desenvolvimento e ao Turismo. Era um apego total e diário, que exigia muito trabalho e atenção. Seu empenho foi reconhecido pela Câmara Municipal, tendo em duas oportunidades recebido Moção de Louvor pela sua atuação à frente da página eletrônica. Ao falecer, o blog do Pierre contava mais de 650 mil visitas.

O Caraguablog continuará com a missão concebida, mesmo sabendo que o trabalho de Pierre jamais será superado, nem igualado, mas que servirá como um norte a orientar a sua conduta na divulgação das coisas do interesse da coletividade caraguatatubense.

Que descanse em paz o nosso Amigo Pierre, um lutador a quem aprendemos a admirar pela excelência de suas qualidades e pela disposição ao trabalho honesto, produtivo e dedicado. À família Pierre, os nossos sinceros sentimentos pela perda, que jamais será preenchida.

Homenagem póstuma

A Moção de Pesar apresentada pela Câmara Municipal, da lavra do vereador Carlinhos da Farmácia:

"Moção de Pesar 

(A Câmara Municipal de Caraguatatuba manifesta votos pesar pelo falecimento de José Flávio de Araújo Pierre.) 

Senhor Presidente, Srs. Vereadores: 

É com profundo sentimento que trago aos nobres pares a lembrança e pesar pelo falecimento de José Flávio de Araújo Pierre, ocorrido no dia 25 de janeiro de 2017.

Nascido em Caçapava-SP, no dia 28/03/1949, era casado com Berenice Terrone Pierre há 42 (quarenta e dois) anos, deixou 3 (três) filhas, Fabiola Pierre, Letícia Pierre e Camita Pierre, todas casadas e cinco netos, Lucas, Júlia, Matheus, Felipe e Vicente que nascerá em maio. 

Comerciante nato mudou-se para Caraguatatuba-SP em 1985 para abrir a Pizzaria Esquina da Pizza, local que se tomou referência de qualidade e diversão na cidade durante 11 (onze) ano. Jornalista de profissão, nesse Interim, teve o Jornal Folha de Caraguá e participou ativamente de diversos eventos na cidade. Com sua veia empreendedora, em 1999 abriu a Pierre imóveis e trabalhou por mais de 10 (dez) anos na realização do sonho da casa própria de diversas pessoas. 

Em meados de 2010 descobriu um tumor hepático e realizou transplante de fígado, nesses quase 7 (sete) anos Pierre viveu muito bem e veio a falecer no dia 25 de janeiro de 2017, na Santa Casa Stella Maris de Caraguatatuba-SP e foi sepultado no dia 26 na cidade de Caçapava-SP. 

Independente de credo ou crença, uma coisa é certa, nosso querido amigo deixa um imensurável vazio nos corações de nós amigos e familiares e estará eternamente em nossos pensamentos e em nossos corações. 

Por fim, REQUEIRO, que esta singela homenagem, prestada ao querido amigo José Flávio de Araújo Pierre, seja encaminhada aos seus familiares apresentando publicamente sentimentos de pesar aos familiares, com os quais somos solidários nesta hora de dor pelo falecimento dessa pessoa tão especial. 

Sala “Benedito Zacarias Arouca", 22 de fevereiro de 2017. 

(assinado) Francisco Carlos Marcelino - Vereador Carlinhos da Farmácia"

BODAS DE RUBI - Pierre comemorou 40 anos de casamento em 7 de setembro de 2013. Na foto, Pierre e sua esposa, dona Berenice. A cerimônia religiosa foi celebrada pelo padre Beto na Igreja de Santa Terezinha, na Martim de Sá, seguindo-se uma comemoração familiar. (Veja mais - CLIQUE AQUI)

Pierre, esposa e Padre Beto

Pierre, dona Berenice, filhas e neta

Estivemos ausentes...

José Flávio de Araújo Pierre
Este blog esteve com suas atividades suspensas em virtude da doença e falecimento do seu diretor e proprietário, José Flávio de Araújo PIERRE.


Agora, já passado o momento maior do sofrimento e desfecho que tirou o Pierre de nosso convívio, o Caraguablog tentará dar continuidade ao seu ideal, esforçando-se por apresentar um trabalho com a mesma qualidade e esmero com que Pierre brindava a seus leitores.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Aguilar Junior toma posse como prefeito de Caraguá

Na ausência de representantes da antiga gestão municipal, o prefeito eleito de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar Junior, após tomar posse em cerimônia legislativa, neste domingo (1º), no Teatro Mario Covas (TMC), recebeu a faixa governamental das mãos de funcionários da Secretaria de Trânsito.

A entrega foi feita pelos agentes de trânsito Hamilton Bento Rangel e José Eduardo Alves (Dudu) no gabinete do prefeito no primeiro dia do ano, por volta das 22h. “Começaremos a reescrever uma nova história para a nossa cidade. Quero administrar com a mesma leveza da campanha, com a esperança de ter uma cidade mais humanizada da Tabatinga ao Perequê”, afirmou o prefeito.

Em seu discurso, a mais de 1000 pessoas no TMC, Junior disse que melhorar a saúde será seu maior desafio. “Teremos a cobertura de um Pronto Socorro na Casa de Saúde Stella Maris; isso tudo, sem nos esquecermos, da mola mestra da nossa cidade: o servidor público”, destacou.

O prefeito Aguilar Junior teve durante toda a sua campanha a valorização do funcionalismo público como sua maior bandeira. Para Rangel, servidor na Prefeitura de Caraguá há 17 anos sempre na mesma função, entregar a faixa ao atual prefeito foi mais que uma honra, foi uma vitória e conquista à categoria. “Este é o primeiro prefeito que dá a um funcionário público esta oportunidade. Estamos confiantes em suas promessas de melhoria para o servidor”, afirmou.


Biografia - O prefeito Aguilar Junior (PMDB) foi eleito pela Coligação “Por uma Caraguatatuba mais humanizada” com 25.138 votos, equivalentes a 42,50% do total de votos apurados. Biomédico, advogado e empresário, aos 36 anos, Junior é casado há nove com Samara Bastos de Aguilar, com quem tem duas filhasAna Luiza, de 6 anos, e Giovana, de 3 anos. Sua família é tradicional na política do litoral norte tendo como avô Dário Leite Carrijo, ex-vereador de São Sebastião e José Pereira de Aguilar, ex-vereador, vice-prefeito e prefeito de Caraguatatuba. Aguilar Junior trabalhou até 2004 como biomédico, exerceu a função de secretário municipal na gestão 2005-2008; no biênio 2014-2015, atuou como presidente da Rede Casa Vale Mais.

Cine Férias oferece exibições gratuitas de filmesdurante janeiro em Caraguá

Programação destinada ao público infantil começou na quinta com o filme “O Pequeno Príncipe”

Além do projeto “Cine Clube”, que oferece exibições de clássicos do cinema aos sábado e domingos durante todo o ano, na Videoteca Lúcio Braun, a Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, realizará durante o mês de janeiro, período do recesso escolar, o “Cine Férias”, com uma programação especial voltada ao público infantil.

Os filmes serão exibidos gratuitamente todas as quintas-feiras, às 20h, na Videoteca Lúcio Braun, que está localizada no Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos, na Praça Dr. Cândido Motta, nº 72, no Centro. O Cine Férias começará nesta quinta (5/1) com o filme “O Pequeno Príncipe”.

A trama conta a história de uma garota, que acaba de se mudar para uma nova casa com sua mãe, uma controladora obsessiva que deseja definir antecipadamente todos os passos da filha. Entretanto, um acidente provocado por seu vizinho faz com que a hélice de um avião abra um enorme buraco em sua casa.

Curiosa em saber como o objeto parou ali, ela decide investigar. Logo se torna amiga de seu novo vizinho, um senhor que lhe conta a história de um pequeno príncipe que vive em um asteróide com sua rosa e que, um dia, encontrou um aviador perdido no deserto em plena Terra. Mais informações: (12) 3897.5661.

Programação - Cine Férias
Videoteca Lúcio Braun l Entrada Franca
Quintas-feiras – às 20h
Dia 5 – O Pequeno Príncipe|100 min. l Livre
Dia 12 – Zootopia – Essa Cidade é o Bicho|105 min. l Livre 
Dia 19 – Festa no Céu|100 min. l Livre
Dia 26 – No Mundo da Lua|100 min. l Livre

Projeto Cine Clube
Videoteca Lúcio Braun l Entrada Franca
Sábados e domingos – às 20h


Dia 7 – Anjos da Vida|Drama|135 min. l Classificação 12 anos
Dia 8 – Uma Viagem Extraordinária|Aventura|105 min.l Classificação 12 anos
Dia 14 – Cavalos Selvagens|Policial|100 min. l Classificação 14 anos
Dia 15 – Por uma Vida Melhor|Drama|100 min.l Classificação 12 anos
Dia 21 – O Artista|Romance|100 min.l Classificação 12 anos
Dia 22 – Um Amor de Verão|Drama|100 min.l Classificação 14 anos
Dia 28 – Casamento Grego 2|Comédia|100 min.l Classificação 12 anos
Dia 29 – Mamma Mia!|Musical|105 min.l Classificação 12 anos
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

A Cor do Som, Rodrigo Oliveira e Clube do Choro agradam público diversificado

A programação continua com Legião Urbana, Mumuzinho banda Orfeu e outras

A programação do Festival e Verão nesta quarta-feira, 30/12, com o cantor Rodrigo de Oliveira, Clube do Choro de Caraguatatuba e a Banda A Cor do Som, atraiu milhares de pessoas para a Praça da Cultura, em Caraguá.

Relembrando o sucesso absoluto de público dos anos 70 e 80, a banda A Cor do Som está de volta e como pioneira na fusão de ritmos brasileiros com a linguagem do rock e a música clássica, se destaca no cenário musical brasileiro desde sua estreia. Os músicos conquistaram o público com tanta simpatia. Muita gente se emocionou ao ouvir canções que marcaram época e fizeram história.

O cantor Rodrigo Oliveira animou o público com o seu show cheio de ritmo e uma energia contagiante. O autor é um dos maiores hits do ritmo Zumba, a composição “Samba África”, que se tornou sucesso no Mundo. Nascido em Salvador, Bahia, o cantor construiu sua trajetória entre o Brasil e a França, país que se tornou a sua segunda casa desde 1992, quando se mudou e investiu na dança, integrando o grupo Rio Samba Show, criado pela mãe.


O Clube do Choro de Caraguatatuba em sua segunda apresentação ao público, deu um show à parte no palco 2, aproximando-se do público e garantindo mais um espetáculo, com destaque para a música brasileira. Os músicos Paulo Cesoli (cavaco), Alisson Wilian (pandeiro), (flauta Caterina Abashkina (flauta transversal) mostraram que o chorinho pode ser uma boa pedida na noite de Caraguatatuba.

PAT de Caraguá divulga vagas - sexta 31/12/16

Veja as vagas do Posto de Atendimento ao Trabalhador de Caraguá (PAT). O interessado deve apresentar os documentos pessoais (RG, CPF, CTPS e PIS) no PAT ou no Poupatempo.

Açougueiro, Cabista, Costureira em geral, Cozinheiro geral, Eletrotécnico, Empregado  doméstico, Fiscal de prevenção e perdas, Fisioterapeuta geral, Funileiro de veículos(reparação), Governanta de hotelaria, Instalador de painéis, Lavador de automóveis, Mecânico de manutenção de máquinas de construção civil, Mecânico de veículos automotores a diesel, Nutricionista, Operador de retroescavadeira, Pintor de veículos, Pizzaiolo, Professor de ensino fundamental, Promotor de vendas, Supervisor de vendas comercial, Técnico de manutenção eletrônica, Técnico de refrigeração, Vendedor de comércio varejista e Vendedor de consórcio.

As vagas possuem perfis específicos com relação à experiência, escolaridade, entre outros, podendo sofrer variações e não estarem mais disponíveis se atingirem o limite máximo de encaminhamentos, ou ainda, em caso de encerramento pelos empregadores que as disponibilizaram.


O PAT está localizado na Rua Taubaté, 520, bairro Sumaré. O telefone é (12) 3882-5211.

Caraguá demarca raia para treinamento de ciclistas no Porto Novo

A partir de agora os ciclistas de alto rendimento de Caraguatatuba têm um circuito de 3.550 metros na Avenida Geraldo Nogueira da Silva para os treinos. Os atletas podem utilizar a raia demarcada na via em dois horários exclusivos, das 5h às 8h e das 17h às 20h, no Porto Novo.   Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3886-6080, na Secretaria Municipal de Trânsito.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Exposição “Anjos e Santos” segue no Museu de Arte e Cultura de Caraguá até janeiro

A mostra apresenta mais de 70 peças modeladas em argila
com pintura guache e tinturas de artesanato
O MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba apresenta até o dia 15 de janeiro, a exposição de artesanato “Anjos e Santos”. A abertura oficial será às 19h, com entrada franca.

A mostra apresenta mais de 70 peças modeladas em argila com pintura guache e tinturas de artesanato, não queimadas, produzidas por Dona Lili Figueira (já falecida) e seus filhos: Benedita Francisca dos Santos, José Donizetti dos Santos, João Dimas dos Santos, Benedito Domingos dos Santos e Fátima Aparecida dos Santos. Algumas obras são conjuntos que formam presépios em peneiras.

Os filhos de Lili aprenderam com a mãe a arte de modelar em barro, exaltando a importância que cada figura tem, representando assim, uma história, um enredo, um sentido de existir.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 14h às 22h. O MACC está localizado no Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos, na Praça Dr. Cândido Motta, nº 72, no Centro. Mais informações: (12) 3883.9980.

Exposição “Anjos & Santos”

Dona Lili Figureira nasceu na Fazenda do Quilombo, em Taubaté, no ano de 1918. Foi educada dentro dos princípios caipiras e era muito querida de sua família, especialmente de seus avós. Quando criança aprendeu com a avó Porcina, que fazia panelas de barro e potes para a serventia da casa, a modelar em argila. A primeira figura que fez foi uma galinha.

Esse foi um dos brinquedos de sua infância: modelar no barro as coisas que via ao seu redor. Lili foi crescendo e a vida foi tecendo infindáveis histórias que ela sempre gostava de contar.

Casou-se em 1950 e foi morar na roça, num lugar onde hoje é o Bairro Santa Inês. Lá criou seis filhos, aos quais passou o fascínio de modelar em argila. Seu marido também sabia modelar em barro, embora seu trabalho não lhe permitisse muito tempo livre para isso. Os filhos de Lili Figueira aprenderam com a mãe a arte de modelar em barro, sabendo que cada figura tem que ter uma história, um enredo, um sentido de existir.
Hoje continuam a fazer figuras, cada um no seu estilo, mas guardando de Dona Lili essa verdade: cada figura precisa ter uma história, um significado, para não ser apenas mais uma, mas ser única.
 
Exposição “Anjos e Santos”
Até 15 de janeiro 
MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba
Entrada Franca

Visitação: De terça a domingo, das 14h às 22h

Concessionária Tamoios inaugura mais uma base de Serviço de Atendimento ao Usuário - SAU

Localizado no KM 19,6, sentido Litoral, o novo SAU trará mais conforto ao usuário a partir de sua inauguração na terça feira (20/12)

A Concessionária Tamoios entregará aos motoristas e passageiros, na próxima terça-feira (20/12), uma nova base de Serviço de Atendimento ao Usuário da Rodovia dos Tamoios. O novo SAU, localizado no km19,6, pista Litoral, no trecho de Jambeiro, substitui o SAU provisório situado no km 24, também no sentido Litoral.

No SAU, os usuários poderão contar com banheiros e fraldário, além de um funcionário Tamoios que poderá ajudar com informações. Nessa base serão alocados um guincho e uma ambulância; ambos equipamentos estarão à disposição, em caso de emergências.

Essa base de serviços tem funcionamento idêntico à base localizada no Km 48,3, sentido São José dos Campos, inaugurada em 15 de abril de 2016.

Segundo Marcelo Stachow, Diretor-Presidente da Concessionária Tamoios, o novo SAU é mais uma realização em busca de maior satisfação e conforto dos usuários.

“Desde que assumimos a administração da Rodovia dos Tamoios em 18 de abril de 2015, estamos trabalhando para que os usuários tenham, cada vez mais, uma viagem agradável, oferecendo novos serviços e equipamentos, e realizando obras que tornam a viagem pela Tamoios mais confortável e segura”, afirma Stachow.


As condições de tráfego na Rodovia dos Tamoios podem ser verificadas por meio do Twitter: https://twitter.com/Tamoios099 ou site www.concessionariatamoios.com.br.

Colégio Adventista de Caraguá inicia aulas em fevereiro

A entidade pretende gerar cerca de 400 empregos e oferecer 35% de vagas em bolsas de estudos

O início das aulas do Colégio Adventista de Caraguatatuba, no bairro Porto Novo, será no dia 6 de fevereiro. Essa é a décima unidade escolar adventista no Vale do Paraíba e Litoral Norte e a 82ª no estado de São Paulo.

As obras já estão em fase de conclusão, num terreno cedido por concessão de uso para a Instituição Paulista Adventista de Educação e Assistência Social, de acordo com a Lei Municipal 2.213.

As vagas disponíveis vão do Maternal ao 8º ano. Alunos carentes da rede pública, municipal e estadual, com renda per capita de até meio salário mínimo podem pleitear bolsa integral e alunos com renda per capita de um salário mínimo e meio, de 15% sobre o valor da bolsa de estudo.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é o responsável pelo acompanhamento das famílias na região em que o aluno beneficiado residir. As secretarias de Educação e Desenvolvimento Social e Cidadania são responsáveis pela seleção final dos candidatos.

O aluno que quiser concorrer à bolsa de estudo deverá se dirigir ao CRAS, comprovar ser aluno carente da rede pública, bem como ter frequência mínima de 75% durante o ano letivo.

Do total das vagas disponíveis, a cessionária ficará obrigada a reservar 20% (vinte por cento) para concessão de bolsa integral, e mais 15% (quinze por cento) para concessão de descontos nas mensalidades, a serem negociados entre a contratante e a Instituição de Ensino, aos alunos carentes da rede pública de ensino.

As matrículas estão abertas e os interessados podem efetuar a inscrição na sede localizada na Avenida Francisco Garrido, 860, bairro Pontal de Santa Marina. Telefone (12)3888-1894.

Visita – O vice-prefeito Antonio Carlos Júnior e secretários municipais visitaram o local, quarta (14), e foram recebidos pelo presidente da Igreja Adventista da região, Ronaldo Oliveira; por Antonio Marcos da Silva Alves, diretor do Departamento de Educação Adventista do estado de São Paulo; pela diretora do Vale do Paraíba e Litoral Norte, Nádia Romanelli; pelo diretor da unidade Caraguatatuba, Alessandro Giacomini e o pastor Bruno Aiolfi. “Tenho certeza que esse será um espaço para formar cidadãos, valorizar a família e o ser humano. O Colégio Adventista veio engrandecer a educação do município”, afirmou o vice-prefeito.

O diretor do Departamento de Educação Adventista do estado de São Paulo, Antônio Marcos da Silva Alves, disse que a instituição pauta seu trabalho educacional dentro da visão cristã para “formar alunos sábios, sadios, e salvos em Deus”.

Acompanharam o vice-prefeito, Eloíza Aparecida Andrade Antunes de Oliveira (Chefe de Gabinete), Marta de Oliveira Braz (Educação) Ana Carolina Muri (Comunicação), Ivy Monteiro Malerba (SEPEDI), Marcelo Paiva de Medeiros (Desenvolvimento Social e Cidadania), a secretária adjunta da SESEP, Denise de Oliveira, Zenaide Bicudo Vernizzi (Fundacc), e a procuradora do município, Márcia Paiva de Medeiros.

Infraestrutura - A nova unidade escolar terá capacidade para atender a até 1.500 alunos em dois turnos diários.

O prédio terá 20 salas de aula, 4 salas de aula infantil, sanitários, administração, auditório para 300 pessoas, estacionamento com 60 vagas, quadra poliesportiva, pátio para recreação e playground.


De acordo com o engenheiro responsável, Joel Gonçalves, o prédio foi projetado com princípios de sustentabilidade, capaz de reutilizar 32 mil litros de água. As torneiras são de baixa vazão, as luminárias de LED, o elevador de alto rendimento, o ar condicionado central de baixo consumo (60% menos do que o convencional), a geração de energia será por meio de placas solares (fotovoltaicas), o piso do playgroud será de borracha reciclada e os computadores com monitores LCD também de baixo consumo de energia.

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis