terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Estudantes do IFSP-Caraguatatuba apresentam trabalhos no Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia em Matão


Entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro de 2016, estudantes do câmpus de Caraguatatuba do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) estiveram presentes no câmpus de Matão do IFSP, onde participaram do 7º CONICT (Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia do IFSP), apresentando os resultados de suas pesquisas de iniciação científica. Estes alunos tiveram a ajuda financeira do IFSP para poderem participar deste 7º CONICT.

O Coordenador Pesquisa do câmpus de Caraguatatuba do IFSP, Prof. Dr. Leandro Cesar de Lorena Peixoto, por motivos de força maior, não pode estar presente a este evento e solicitou que o Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira acompanhasse os estudantes do IFSP-Caraguatatuba ao 7º CONICT. 
 
O 7º CONICT foi organizado pela equipe da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) e contou com a condução ativa da Pró-Reitora de Pesquisa do IFSP, Profa. Dra. Elaine Inácio Bueno, desde a cerimônia de abertura deste evento. 
 
Durante o 7º CONICT ocorreram diferentes eventos paralelos importantes, tais como o 7º Congresso de Iniciação Científica e Tecnológica do IFSP, o 1º Torneio de Robótica, o 2° Encontro de Pesquisadores, o 1° Congresso de Pós-Graduação, o 7° Workshop de Negócios e Inovação e a Vitrina Tecnológica, iniciativa que contou com o apoio do NIT – Núcleo de Inovação Tecnológica do IFSP. 

Durante o dia 01/12/2016, ocorreu o 2º Encontro de Pesquisadores do IFSP. Os temas discutidos envolveram as diretivas e as finalidades da pesquisa no IFSP, o desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica no âmbito da instituição, as modalidades de fomento e o apoio institucional à pesquisa. 
 
O Prof. Dr. Emerson dos Reis (Diretor de Pesquisa do IFSP) ajudou a coordenar os trabalhos deste dia e para isto ele teve o auxílio importante de diversos membros da equipe da PRP, dentre os quais a Profa. Dra. Priscila Braga Caliope, o Prof. Dr. Vagner Luís da Silva, e as servidoras técnico-administrativas Érica Mayumi Shimada e Camila Pinho de Oliveira, dentre outros. 
 
Uma das discussões importantes que ocorreu durante o Encontro de Pesquisadores foi a respeito do regulamento da pós-graduação Lato Sensu do IFSP, que foi conduzida pela manhã pelos professores Priscila e Vagner, da equipe da PRP. 
 
No 2º Encontro de Pesquisadores foi lembrado que atualmente há 168 grupos de pesquisa existentes no IFSP – sendo que um grande crescimento ocorreu nos últimos anos – e que é uma das tarefas da PRP estabelecer diretrizes de como estes grupos de pesquisa devem atuar. Outros temas importantes analisados neste 2º Encontro de Pesquisadores foram: a nova página dos grupos de pesquisa do IFSP (prp.ifsp.edu.br/diretoria-de-pesquisa/grupos-de-pesquisa/grupos), o cadastro de pesquisadores do IFSP, o catálogo de pesquisas do IFSP, a importância da divulgação científica e tecnológica que é uma das finalidades dos Institutos Federais, o regulamento da Editora do IFSP (EDIFSP), o princípio da indissociabilidade entre pesquisa, ensino e extensão, o estabelecimento de políticas de uso e de compartilhamento do patrimônio permanente para pesquisa tendo em vista o princípio da eficiência, a criação do Serviço de Infraestrutura para Computação Científica (SICC), as Fundações de Apoio ao IFSP, o Sistema Financiar, a criação do fórum pesquisadores@ifsp.edu.br, as relações entre pesquisa básica, pesquisa aplicada e desenvolvimento tecnológico, os Comitês de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (COMPEQ) nos câmpus, o Conselho de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação (CONPIP), a possibilidade de importação direta de equipamentos com recursos do IFSP, a Instrução Normativa para aquisições de bens e serviços sem licitação para compra ou contratação de produtos para fins de pesquisa e desenvolvimento, tendo em vista o novo Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei no 13.243 de 11/01/2016) e o trabalho de docência voluntária nos cursos dos programas de pós-graduação. 
 
No período da tarde do dia 01/12/2016 foram formados cinco grupos de trabalho para discutir questões específicas que são essenciais para a consolidação das atividades de pesquisa no IFSP: 1. “Pós-graduação: Credenciamento e descredenciamento de orientadores em programas Lato e Stricto Sensu”; 2. “Pós-graduação: Perspectivas para Mestrados Multicâmpus no IFSP”; 3. “Pesquisa: Adoção de política no IFSP de compartilhamento de equipamento para pesquisa entre os câmpus”; 4. “Pesquisa: A atuação dos Grupos de Pesquisa no IFSP”; 5. “Inovação: Estratégias para Incentivar o Empreendedorismo no IFSP”. No final da tarde, os mediadores de cada grupo de trabalho apresentaram um relato das discussões de seus grupos para os demais pesquisadores presentes. 
 
O 1º Torneio de Robótica (TRIF 2016) aconteceu também no dia 01/12/2016, com uma participação intensa e animada dos inscritos e teve premiações em três modalidades (categorias) diferentes: “Sumô Robô”, “Busca e Resgate – Kit Robótico” e “Busca e Resgate – Robô Próprio”. No início da entrega dos prêmios, ocorreu um agradecimento público e especial ao Prof. Me. Nelson Alves Pinto, diretor do IFSP-Caraguatatuba, que, nas palavras da apresentadora, foi um grande incentivador para que este torneio de robótica realmente acontecesse. 
 
A equipe de servidores da PRP se envolveu de forma plena na organização deste 7º CONICT no IFSP-Matão, o que colaborou decididamente para o seu sucesso. 
 
Diversos estudantes do IFSP-Caraguatatuba que desenvolveram trabalhos de investigação em nível de iniciação científica durante o ano de 2016 apresentaram os resultados de suas pesquisas durante o 7º CONICT. 
 
O estudante Rodrigo Briet, do IFSP-Caraguatatuba, apresentou o trabalho intitulado “Classificação de Expressões Faciais utilizando Deep Learning para a interpretação da Língua Brasileira de Sinais” que foi orientado pelo Prof. Me. Lucas Venezian Povoa. 
 
O estudante Albino Vieira Freitas apresentou o trabalho “Transformação de diagramas UML em um modelo de estado finito com apresentação visual objetivando verificação formal de software” que foi orientado pela Profa. Dra. Luciana Brasil Rebelo dos Santos. 
 
O estudante Cleyton de Castro Mario apresentou o trabalho “Investigação de base de dados objetivando o entendimento da evolução de pacientes com dor crônica na coluna vertebral” que foi orientado pela Profa. Dra. Luciana Brasil Rebelo dos Santos e teve também a colaboração da Dra. Cinara Guellner Ghedini Hita. 
 
A estudante Yasmini Torres da Silva apresentou o trabalho “Tecnologia do SUPERADOBE para uso em edificações: alvenaria e cisterna” que foi orientado pela Profa. Ma. Silvete Mari Soares. 
 
O estudante Gabriel Breschi apresentou o trabalho “Estudo experimental de dosagens de concreto de alto desempenho” que foi orientado pelo Prof. Dr. Leandro Cesar de Lorena Peixoto e teve também a colaboração do Prof. Dr. José Américo Alves Salvador Filho e da Profa. Ma. Patricia Baldini de Medeiros Garcia. 
 
O estudante Deive José Aparecido de Faria apresentou o trabalho “Geometria fractal como estratégia de ensino de matemática” que foi orientado pelo Prof. Me. Renato Douglas Gomes Lorenzetto Ribeiro. 
 
A estudante Roberta da Silva apresentou o trabalho “Mídias sociais como estratégia de ensino de matemática” que foi orientado pela Profa. Dra. Natália Nassiff Braga e teve a colaboração do Prof. Espec. Francisco Leitão de Oliveira Neto. 
 
O estudante João Pereira Neto apresentou o trabalho “Imagem, som e ação no ensino de cosmologia e astronomia” que foi orientado pelo Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira. 
 
O estudante Rafael Brock Domingos apresentou o trabalho “Uso de softwares como ferramentas auxiliares no ensino de astronomia para diferentes públicos” que foi orientado pelo Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira. 
 
O Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira apresentou o trabalho “Investigação sobre o uso de atividades experimentais no processo de aprendizagem de Física” que foi escrito em coautoria com a estudante Adriana de Andrade, que não pôde estar presente para apresentar seu trabalho, por motivos de saúde. 
 
Uma sugestão para o próximo CONICT é tornar a programação do evento mais diversificada de modo a contemplar os interesses dos pesquisadores e estudantes de diferentes áreas e que atuam nos diversos câmpus do IFSP, não se restringindo excessivamente às atividades de pesquisa que são realizadas no câmpus que sedia o evento. De qualquer modo, este 7º CONICT foi importante para ajudar na consolidação e na divulgação das atividades de pesquisa que estão sendo realizadas no âmbito do IFSP. 
 

A participação de estudantes universitários em congressos como este colabora muito com o seu amadurecimento intelectual, sobretudo quando eles não apenas participam das palestras e das demais atividades do evento, mas quando também apresentam trabalhos acadêmicos de sua própria autoria. Os estudantes presentes relataram que a participação neste Congresso foi muito importante para a sua formação acadêmica.  

CLIQUE AQUI para ver publicação original

0 comentários:

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis