sábado, 3 de dezembro de 2016

Eras Centro Médico e Tapera Branca recebem prêmio Empresa Inclusiva

Concorreram à premiação 23 microempresas e 13 de pequeno porte


O 7º Fórum Inclusivo da Pessoa com Deficiência foi aberto oficialmente, no Teatro Mario Covas, na quinta-feira, 1/12, à noite, com a entrega do prêmio Empresa Inclusiva 2016, pelo terceiro ano consecutivo.

Concorreram à premiação 23 microempresas e 13 de pequeno porte. Não houve inscrições na categoria grande porte e apenas uma na de médio porte.

Na categoria Microempresa venceu a Eras Centro Médico; em segundo lugar ficou o quiosque Balaio Caiçara (Massaguaçu) e; em terceiro, a Uroproct. Na categoria Pequena Empresa, o ganhador foi o restaurante Tapera Branca 1; em segundo lugar ficou a Drogaria São Paulo e; em terceiro, o restaurante Tapera Branca 2.

O sócio-proprietário dos restaurantes Tapera Branca, Mário Paulo Garcia, disse que o estabelecimento em seus 21 anos de existência busca sempre priorizar o conforto para os clientes.

“Em cada reforma, ao longo dos anos, contemplamos a acessibilidade, seja do cadeirante, ou do idoso. Por outro lado, na cozinha e na limpeza temos os nossos funcionários mais velhos na casa. A importância desse prêmio é a visibilidade e assim dar exemplo para que outros comerciantes ofereçam espaços acessíveis”, disse Garcia.

Os primeiros lugares nas duas categorias receberam R$ 8 mil, troféu, e Selo Empresa Inclusiva para ser utilizado em materiais de divulgação.  

As empresas participantes foram avaliadas por uma comissão julgadora, formada por profissionais interdisciplinares, que já desenvolvem trabalhos na área de inclusão e acessibilidade. Os dois critérios utilizados foram Empregabilidade e Acessibilidade.

No primeiro quesito foram analisados os seguintes itens: contratação e tempo de serviço; condições de trabalho; quantidade de pessoas com deficiência e idosos; tipos e graus de deficiências; variação de Idade; capacitação referente à atividade e função profissional; sensibilização com a equipe de trabalho; valorização.

No segundo, as questões: atendimento prioritário; estacionamento ou área de embarque e desembarque; calçada e entrada do estabelecimento; circulação; ambientes; mobiliário interno; sanitários; sistema de comunicação e sinalização; e tecnologia assistiva empregada.

Abertura - O prefeito Antonio Carlos agradeceu especialmente à equipe da secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso (SEPEDI) pelo trabalho desenvolvido em seu mandato.

“Desde 1997 quando fui prefeito pela primeira vez, tenho como lema a seguinte frase: Nenhum de nós é tão bom, quanto todos nós juntos. Durante todas as gestões, trabalhamos sempre no sentido de promover políticas públicas que contemplassem todos os cidadãos. Caraguá é hoje uma cidade diferenciada no atendimento à pessoa com deficiência e ao idoso. É referência. Agradeço a todos que estão nessa caminhada para a construção de uma Caraguá mais inclusiva e com mais qualidade de vida”, declarou.

A secretária da Sepedi, Ivy Monteiro Malerba, disse que o sentimento é de missão cumprida. “Nesses sete anos, caminhamos e conquistamos muitas coisas. Uma delas foi a mudança de olhar, de paradigma em relação ao papel da pessoa com deficiência e do idoso na sociedade. Conhecemos muitas histórias de superação e de lutas em família, e atuamos com dedicação no sentido de tornar Caraguá mais inclusiva. Agradeço à minha equipe fiel e compromissada e especialmente ao prefeito Antonio Carlos pela criação e suporte total ao trabalho da Sepedi”, afirmou.

A presidente em exercício do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Condefi), Luciane Molina, parabenizou o trabalho do presidente do Condefi, Odair Valentim, afastado por problemas de saúde, da secretária Ivy Malerba, e do prefeito Antonio Carlos. “Conheço várias cidades no Brasil e nenhuma respeita e acolhe a pessoa com deficiência como Caraguá. Aqui, me sinto igual na multidão”, ressaltou.

O Fórum tem programação até o 4 com atividades variadas e gratuitas e celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado no dia 3 de dezembro. 

Programação

Dia 2/12
8 às 16h - SEPEDI
Eleição COMDEFI (Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência)
18h30 – Teatro Mário Covas
Musical: “100 anos de Samba” – Alunos e funcionários do CIAPI 
Show: Kátia (Cantora com deficiência visual, sucesso nos anos 80, com mais de 10 discos gravados)

Dia 3/12 
9h30 – Praça Diógenes Ribeiro de Lima – Centro
Passeata: “Todos por uma sociedade inclusiva. A luta não pode parar!” (Participação especial: Clodoaldo Silva e Banda Municipal Carlos Gomes). Os 500 primeiros ganharão camiseta. 
18h30 – Teatro Mário Covas
Palestra: Clodoaldo Silva – Campeão Paralímpico de Natação
Exibição do filme: “Para Todos – Superação é só o começo desta história” (um filme que mergulha no cotidiano de alguns dos principais atletas paralímpicos brasileiros para investigar os bastidores do esporte de alta performance) 

Dia 4/12 
9h30 – Centerplex – Serramar Parque Shopping 
Sessão Especial de Cinema – Filme “A Galinha Pintadinha” – ambiente a meia luz, som moderado e circulação livre (ingressos limitados e antecipação na SEPEDI para Pessoas com Deficiência com direito à combo pipoca + refrigerante)
14h – Pista de Skate da Praça Tom Ferreira – Avenida Arthur Costa Filho
1º Open de WXCM e Paraskate – Oficinas de Basquete Street, WCMX e Skate para todos, além de estandes com marcas de skate e cadeiras de rodas – Parceria Jumper 
Show: Billy Saga (rapper cadeirante com mais de 20 anos dedicados ao rap e ao direito das pessoas com deficiência) 
Show: Sound Ghetto (Banda de Raggae de Caraguatatuba) 
8h às 17h – Praia Acessível: (cadeira anfíbia, banho de mar, lazer e recreação) 
10h às 16h – Espaço Aventura: (arvorismo, tirolesa, escalada e rapel)  



0 comentários:

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis