sexta-feira, 3 de junho de 2016

Caraguá encerra vacinação contra H1N1 com mais de 90% do grupo prioritário imunizado

Caraguá encerrou a Campanha Nacional de Vacinação Contra H1N1 nesta terça-feira (31/5/2016). Desde o início da ação, até esta quinta-feira (2/6), o município vacinou 21.913 pessoas, o equivalente a 97,39% do público alvo preconizado pelo Estado.

Ao todo, pela meta estadual, 80% do grupo prioritário deveriam ser imunizados em todas as Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Especialidades Médicas, Odontológicas e de Reabilitação “Madre Teresa de Calcutá”.

A campanha agora segue apenas para as gestantes, único segmento do grupo prioritário que ainda não atingiu a meta mínima, e para a segunda dose já programada de crianças. Todos os demais grupos já estão com cobertura vacinal acima da meta; sendo vacinados: 5.902 crianças (86,22%); 2.785 trabalhadores da saúde (108,41%); 238 puérperas (119,60%) e 12.048 idosos (113,19%).

Entre as gestantes, foram imunizadas 932 mulheres, o que representa  76,96% deste segmento. Os doentes crônicos atingiram um total de 5.036 vacinados.

Este ano, a vacina trivalente protege contra os vírus H1N1, H3N3 e Influenza B. Os grupos de risco que participam da campanha são idosos acima de 60 anos, crianças entre seis meses a menores de quatro anos, 11 meses e 29 dias, gestantes em qualquer idade, puérperas (até 45 dias após o parto) e trabalhadores da área da saúde.

Cuidados – Mesmo com a vacina, os cuidados contra a proliferação do vírus H1N1 devem ser mantidos. Como, por exemplo, lavar sempre as mãos com água e sabão ou com álcool; evitar levar as mãos aos olhos, ao nariz e à boca; cobrir a boca quando for tossir ou espirrar e sempre ter em mãos um frasco de álcool gel para higienização.

Os principais sintomas da Gripe A são febre alta, tosse, dor muscular, dor de cabeça, dor de garganta, coriza e irritação nos olhos e nos ouvidos. Para o tratamento é necessário muito repouso, beber líquido, evitar álcool e cigarro. Medicamentos como o paracetamol podem ser usados para combater febre e dores, em casos graves ou, em grupos de risco, pode ser recomendado medicamento antiviral.

De acordo com a Secretaria de Saúde, até o dia 2 de junho deste ano, houve 45 notificações de Gripe H1N1. Deste número, sete foram negativos, seis positivos (incluindo um óbito) e 31 estão em investigação.

Confira endereços das UBS

UBS Centro - Avenida Maranhão, 451 – Jardim Primavera – 1º andar - “Edifício Dr. Luiz Roberto Barradas Barata” - Tel: (12) 3897-2102

UBS Perequê Mirim - Avenida José Geraldo Fernandes da Silva Filho, 295 - Tel (12) 3885-1800

UBS Porto Novo - Avenida José Herculano, 6.560 - Tel (12) 3887-6131

UBS Morro do Algodão - Avenida Geraldo Lopes, 27 - Tel (12) 3887-9100

UBS Jaraguazinho - Rua Benedito Silvério Santana, 57 - Tel (12) 3883-3500

UBS Casa Branca/Olaria - Rua José Pedro de Oliveira Barbosa, 799 – Tel (12) 3883-9077/7007

UBS Jetuba - Rua Geraldo Cordeiro de Souza, 270 – Tel (12) 3884-4090

UBS Massaguaçu - Rua Irineu de Mello Neto, 600 – Tel (12) 3884-1999

UBS TINGA - Rua Antonio dos Santos, 20 – Tinga – Tel (12) 3883-3277 / 3882-6446

UBS TABATINGA - Rua Manoel Pereira dos Santos, 47 – Tabatinga – Tel (12) 3884-5700


CENTRO DE ESPECIALIDADES MÉDICAS E ODONTOLÓGICAS – CEM/CEO - Avenida Maranhão, 421 – Jardim Primavera - “Edifício Madre Tereza de Calcutá” – Tel: (12) 3886-1200

0 comentários:

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis