segunda-feira, 7 de março de 2016

Vereador cobra melhorias no serviço da Dersa e leva reivindicação à Assembleia

Os serviços prestados pela Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) na travessia de balsas entre São Sebastião e Ilhabela vêm sendo alvo de constantes reclamações por parte dos usuários.

Depois de apresentar Moção de Repúdio à concessionária, o vereador Luiz Paladino, o Luizinho da Ilha (PCdoB), buscou apoio na Assembleia Legislativa de São Paulo. O deputado Átila Jacomusi (PCdoB), protocolou requerimento no legislativo estadual a fim de que a Dersa preste esclarecimentos sobre os problemas relatados pela Câmara de Ilhabela.

O vereador ilhéu justifica que os serviços prestados são inadequados e insatisfatórios tendo em vista o elevado valor da tarifa cobrada para o transporte de veículos. Além disso, a espera em longas filas e os atrasos acabam prejudicando quem depende do serviço. “Os usuários são submetidos ao péssimo estado de conservação das balsas, falta de organização e fiscalização nas filas e principalmente falta de preparo dos funcionários da empresa que opera a travessia”, ressaltou Luizinho da Ilha (PCdoB).

A moção foi apresentada pelo vereador em novembro do ano passado, mês em que a situação se agravou com a queda de parte da rampa de acesso no terminal de embarque de São Sebastião, limitando o transporte de cargas ao peso bruto de dez toneladas. “Esse acidente somente ocorreu por falta de manutenção, pois a rampa já se encontrava totalmente podre, como foi possível comprovar”, relatou o vereador.

No período, a situação que já era crítica ficou insustentável para Ilhabela, pois mesmo após a recuperação da ponte de acesso ao terminal de embarque da travessia da balsa, em São Sebastião, a restrição aos caminhões com mais de dez toneladas permaneceu, até o término das obras no terminal em Ilhabela, impedindo o transbordo do lixo para o município de Jambeiro, prejudicando o abastecimento e causando prejuízos ao município que tem no turismo sua principal atividade.


Segundo resposta da Dersa, o incidente com o caminhão foi ocasionado por excesso de peso e que o proprietário do veículo foi notificado pelos danos causados. Sendo assim, o cronograma de manutenção dos atracadouros em São Sebastião e Ilhabela previsto para dezembro foi antecipado. Ainda de acordo com informações da companhia, no período de 2011 a 2015 o investimento realizado na Travessia Litorânea São Sebastião/Ilhabela foi de R$ 60 milhões, com a aquisição de novas embarcações (FB 29 e 30), reforma de embarcações, construção do atracadouro trapezoidal, sistema de monitoramento por câmeras, entre outros.

0 comentários:

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis