quarta-feira, 2 de março de 2016

Protestos fazem a Câmara de Caraguá encerrar sessão

A sessão de Câmara ordinária de Caraguá, programada para ontem, terça 29, foi encerrada em razão das manifestações ocorridas em plenário e que impediram o prosseguimento dos trabalhos legislativos.

Grupos que protestavam contra o aumento da tarifa do transporte coletivo, associados a servidores ocupantes de cargos de ADIs, que reivindicavam maiores ganhos, lotaram a assistência e promoveram uma barulhenta manifestação, com gritos de ordem e apitaços seguidos.

Até mesmo a leitura da Bíblia ao início da sessão, feita especialmente pelo bispo da Diocese de Caraguá, Dom José Carlos Chacorowski, foi interrompida, e só foi concluída diante de uma intervenção firme do presidente Chininha.

O Bispo Dom José Carlos estava presente na sessão para fazer uso da Tribuna Livre. Após os ânimos serenarem por alguns momentos, ele pôde utilizar a palavra, fazendo-o para levar aos vereadores os pontos de destaque da Campanha da Fraternidade 2016, cujo tema é “Planeta Terra: Casa comum, nossa responsabilidade (Amós 5,24)”.

O presidente da Câmara reuniu-se em seu gabinete com os líderes do movimento, buscando agendar uma audiência com o prefeito Antonio Carlos a fim de se estudarem providências a respeito dos pedidos.

Com a ausência em plenário do presidente titular, a vice-presidente, vereadora Vilma Teixeira, assumiu o comando. Bem que tentou levar os trabalhos em bons termos, mas foi impedida de prosseguir diante da gritaria. Assim, numa demonstração de firmeza diante da badernaça promovida pelos manifestantes, ela deu por encerrados os trabalhos precocemente.

Com a decisão, os projetos constantes da pauta ficaram prejudicados, sendo encaminhados para discussão e votação na próxima sessão ordinária, ou até mesmo numa extraordinária, caso algumas dessas matérias sejam reputadas urgentes a ponto de justificarem uma reunião extemporânea.

Era a seguinte a pauta da sessão que ficou prejudicada:

PAUTA DA 05ª SESSÃO ORDINÁRIA
DIA 01 DE MARÇO DE 2016 - TERÇA-FEIRA – 19h30

ORDEM DO DIA
DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA:

VETO TOTAL AO PROJETO DE LEI Nº 060/15 – Ver Pedro Ivo de Sousa Tau - Autoriza a regulamentação da atividade comercial do serviço de taxi-boat nas praias do município. (NÃO FOI VOTADO)

PROJETO DE LEI Nº 15/16 – ÓRGÃO EXECUTIVO – Autoriza o Executivo a receber, em doação antecipada, imóvel que especifica e dá outras providências. (NÃO FOI VOTADO)

PROJETO DE LEI Nº 07/16 – Ver Pedro Ivo de Sousa Tau – Denomina de “Luiz Eduardo Aulicino”, a Av Quatro, que se inicia na Alameda Sepias e termina na Alameda Camburiu, localizadas no Loteamento Jardim das Palmeiras. (NÃO FOI VOTADO)

PROJETO DE LEI Nº 10/16 – Ver Aurimar Mansano – Denomina de “Gabriel de Oliveira” a Rua A, localizada no Bairro Barranco Alto. (NÃO FOI VOTADO)

0 comentários:

Veja também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMOBILIARIA

IMOBILIARIA
Sempre um bom Negócio - Corretores Credenciados - A Maior Variedade de Imóveis